domingo, 16 de janeiro de 2011

Há luz no fim do tubo?



Aquela onda quebrou bem em cima de mim, e eu só fechei os olhos. Era impossível tirar aquele sentimento de frustração do meu peito. Era tão grande que doeu, doeu muito. Parecia que os sacrifícios foram jogados ao mar tornando tudo que me cercava sem sentido. A única coisa a ser feita era deixar as lágrimas se misturarem à água do mar.
Com isso, descobri que sua voz me acalma, e que décimos fazem a diferença.


Se o blog foi um dos motivos para ficar comigo. Você é um dos motivos para eu voltar com o blog.

3 comentários:

  1. Hm, altas coisas na minha mente sobre o texto XD -s

    ResponderExcluir
  2. Frustação que invade nosso ser..

    :*

    ResponderExcluir
  3. Vou ficar com este texto na cabeça.
    "Se o blog foi um dos motivos para ficar comigo. Você é um dos motivos para eu voltar com o blog."
    Principalmente com está parte.

    ResponderExcluir